Regime de Operação de Geradores
Calendário
20 jul 2022

Regime de Operação de Geradores

É uma referência à característica e intensidade de utilização dos geradores. É uma definição de “Aplicação” demandada pela necessidade dos clientes, para a especificação correta do regime operacional.

Os regimes operacionais são três, atualmente:

1) Stand by ou “Emergência”:

Neste regime o gerador é ligado somente em casos de quedas de energia fornecida pela Concessionária; Na maioria dos casos instala-se o conjunto em “Partida Automática” e utiliza-se a “Operação em Manual” nos momentos de manutenção e testes.

A expectativa operacional deste regime é de até 300h/ano.

 

2) Prime

Este regime é definido para processos de economia de energia, para operação em “horário de ponta”, por exemplo, em substituição à rede de energia da Concessionária.

Ocorrem em operação programada, automática e demandam estudos mais detalhados relativos ao tipo de transferência a ser utilizada.

Sempre estarão aptos para atendimento em emergência, quando requerido.

A expectativa operacional deste regime é de até 1000h/ano.

 

3) Contínuo ou “Base Load”

Neste regime o gerador trabalha continuamente, sendo a principal ou até mesmo a única forma de alimentação das cargas.

Normalmente utilizado em locais que não são atendidos pela rede da distribuidora de energia, ou instalações que demandem maior estabilidade na operação mas que sejam marcadas por frequentes falhas de abastecimento da Concessionária.

 

Geradores na Sistab

 

E aqui na Sistab, podemos te ajudar a escolher o melhor gerador para a sua empresa, através da compra ou locação de equipamentos.

Para as empresas que optem pela locação, existe a modalidade mensal, por longos períodos ou até mesmo para reposição de equipamentos em manutenção.

Fale com um dos nossos consultores.

https://sistab.com.br/contato/

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.